Como montar um prato saudável?

Hoje é o último dia da série “alimentação saudável”. Já vimos como comer apenas o suficiente, como gostar de alimentos que não gosto, conhecemos a dieta low carb e hoje vamos colocar tudo isso em prática, aprendendo a montar um prato saudável.
Pode parecer simples, mas montar um prato com todos os nutrientes que nosso corpo necessita é muito importante. Pensando nisso, separei algumas dicas que irão te ajudar na hora de montar um prato saudável.

O que compõe o prato?
Uma alimentação saudável é composta por cinco tipos de alimentos:
• Folhas verdes (alface, espinafre, rúcula, couve, agrião, etc)
• Verduras ou legumes refogados (cenoura, beterraba, repolho, brócolis, couve-flor, berinjela, etc).
• Carboidratos (arroz, cará, mandioquinha, batata doce, inhame, cuscuz, quinoa).
• Proteína vegetal (feijão, grão-de- bico, lentilha, ervilha, fava, soja).
• Proteína animal (peixes, aves, carnes magras, ovos).

Qual a proporção correta?
Saber a proporção correta de comida, auxilia você a comer somente o suficiente, evitando possíveis ganho de peso e o aumento da glicose e pressão arterial.
O equilíbrio nessa hora é essencial, então:

• Divida o prato em quatro partes;
• Separe duas partes para os legumes, saladas e verduras;
• Uma parte para o carboidrato;
• E outra para as proteínas.

Fazendo isso você terá um prato rico em nutrientes e equilibrado em calorias.

Qual proteína consumir?
Se você consome carne, é interessante consumir carnes brancas duas a três vezes por semana e duas vezes por semana carne vermelha. Para quem não consome, pode optar pela carne texturizada de soja e pela proteína presente na clara do ovo.
Lembrando que é importante evitar carnes gordurosas e fritas.

Sobremesa
Não tem problema algum em comer uma sobremesa, desde que ela não seja altamente colórica. Uma fruta ou um docinho como por exemplo um chocolate meio amargo pode ser uma boa opção.

Evite líquidos durante as refeições
Ingerir líquidos durante as refeições pode atrapalhar a digestão. Isso porque ocorre uma diluição dos sucos gástricos e enzimas responsáveis pela digestão. Por isso não é recomendado. Mas, se você possui o hábito de beber alguma coisa durante as refeições, prefira água e no máximo 200 ml.

Como montar marmitas?
Se a sua rotina é corrida e precisa montar marmitas, as regras a cima servem da mesma maneira. Porém é preciso cuidado na hora de montar e armazenar as mesmas. Confira:

• Divida em potes separados cada tipo de alimento: salada em um pote; o carboidrato, proteínas, legumes e verduras cozidas em outro pote maior e um menor para a sobremesa (pode ser uma fruta cortada ou um doce).

• A salada precisa ser temperada na hora. Então, não esqueça de levar o tempero em um pequeno recipiente separado.

• Armazene os alimentos em recipientes de vidro, sempre bem tampados. Caso queira armazenar em potes de plástico, certifique-se que eles sejam livres da substância Bisfenol A. Essa substância está presente na maioria dos potes de plástico e quando aquecida é liberada ao alimento, podendo causar câncer.

• Após o preparo dos alimentos, guarde-os na geladeira e quando for transferir as marmitas (para o trabalho, por exemplo), utilize bolsas térmicas, isso vai evitar que os alimentos estraguem.

• Fique sempre atento a textura e odor do alimento, evite contaminação alimentar.

Bom, essas foram as dicas. Espero que vocês tenham gostado dessa série de como ter uma alimentação saudável.

Lembre-se: você pode comer o que sentir vontade, mas é preciso ficar de olho na frequência em que come e na quantidade.

Não se esqueçam de compartilhar com os amigos.
Beijinhos e fiquem com Deus ♥

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.