Ressignificando . . .

Olá mocinhas e mocinhos, tudo bom com vocês?

Estou de volta; passei um tempinho sem escrever para o blog, mas estava com muita saudade de compartilhar com vocês um pouco das minhas idéias, dicas e reflexões.

Estou feliz com o ano que passou, como cheguei a comentar com vocês; apesar de tudo aprendi muito com o ano de 2020. Porém não vou negar que estou ansiosa e animada com o ano de 2021.

Que esse ano possa ser um ano de transformação e empatia. Que venhamos deixar de lado nossas diferenças e caminharmos juntos em um só propósito.

Quando começa um novo ano, sempre penso em mudar; afinal mudança é sempre necessária. Mas é preciso ter cuidado para que essa mudança não venha de forma agressiva a ponto de descartarmos algo ou alguém.

Podemos e devemos mudar; mudar aquilo que não nos leva a evolução, que nos prende e impede nossa liberdade, que causa dor e tristeza no coração.

Mas esses dias de transição de ciclo (posso dizer assim), além do anseio por mudança, me veio a mente a possibilidade de ressignificar.

Segundo o Dicionário Online de Português, ressignificar quer dizer:

“Atribuir um novo significado a; dar um sentido diferente a alguma coisa;”.

Isso veio como um estalo em minha mente. Quantas vezes desisti de algo por simplesmente não abrir meus olhos e ver uma nova expectativa… Então, para mim a solução do momento era o “descarte”.

Temo ser ousada demais, mas consigo ver a palavra ressignificar, como reciclar. Sei que os conceitos são distintos, mas quando estava refletindo sobre a possibilidade de me ressignificar, associei com o reciclar.

Acredito que assim como é possível fazer algo novo com um material já utilizado (reciclado), também é possível nos ressignificar. Você pode perguntar: Como?

Há várias maneiras, como por exemplo, considerar os “Não” que você já levou na vida, como uma maneira de se aprimorar.

Outra maneira é dar valor para aquela qualidade que você acha “simples” demais. Talvez você não consiga ver sentido nela, porém ela pode ser benéfica na vida de outras pessoas.

Como o próprio conceito da palavra já diz, ressignificar é dar um novo significado. É olhar as coisas de um modo diferente, é ser mais leve, tirar aquele conceito “triste” que temos de algo ou alguém e conceder uma nova chance.

Que o ano de 2021 venha ser cheio de ressignificações. Que não venha ser apenas mais um ano, mas que venhamos dar sentido as pessoas, as coisas, aos sonhos… Que nossa vida tenha mais valor.

Beijinhos, não se esqueçam de compartilhar com aquele seu amigo (a) que precisa de um novo significado na caminhada e na vida.

Fiquem com Deus.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Confiança em Deus

Oii, tudo bom com vocês?
Estava aqui em casa escutando uma entrevista numa rádio, e o assunto abordado era sobre o excesso de confiança nas pessoas ou em algo.
Achei super interessante, afinal, quem nunca depositou uma dose de confiança a mais do necessário em algo ou alguém? Hum? haha
É comum do ser humano. Sem menos perceber está lá, doando toda sua atenção, investimentos e confiança.
É tão bom quando temos um retorno positivo… Quando tudo o que sonhamos ou acreditamos acontece como o planejado. Só que as vezes, nos sentimos bons o suficiente, e esquecemos de Deus.
Todos conhecem a história do Titanic, um navio de passageiros britânico, pensado para ser o mais luxuoso e mais seguro da época, um navio “inafundável”. Mas, em apenas 2:40 hrs tudo foi por água abaixo. Muitas pessoas perderam a vida. E o navio que era conhecido como “inafundável” passou a ser conhecido como: “o transatlântico que naufragou em sua primeira viagem”.
Quem diria que isso aconteceria? Um navio considerado tão seguro…
Nós estamos sujeitos a isso, o que não podemos é esquecer de fazer menção no nome do Senhor. Ele conhece tudo, sabe de todas as coisas antes de serem formadas.
Devemos ter em nossa mente, que Deus é o único em que podemos confiar completamente, o único que quando estivermos passando por um momento difícil virá com o socorro e nEle estaremos seguros.
Em Salmos 20.7-8 diz assim:
“Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus.
Uns encurvam-se e caem, mas nós nos levantamos e estamos em pé.”

Que venhamos depositar toda a nossa confiança no nosso Deus.

Beijinhos ♥

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Fidelidade a Deus

Oii gente, tudo bom com vocês?
Já havia compartilhado essa reflexão com alguns amigos, mas gostaria de partilhar com vocês aqui no blog.

Em Romanos 1.17b diz assim: “Por que o justo viverá pela fé.” A palavra fé na bíblia sagrada, também é traduzida como: FIDELIDADE A DEUS, que está ligada a paciência e perseverança.
Quando falamos de paciência, sempre vem a mente um personagem bíblico,Jó.
Mas acabamos ficando presos na paciência que Jó tinha, e esquecemos de observar a fidelidade dele para com Deus. E é sobre isso que quero falar com vocês.
Vamos então conhecer um pouco sobre a fidelidade dele?


As pessoas boas sofrem – Jó 1
No capítulo 1 do livro de Jó, diz que Jó era um homem reto e integro. Isso significa que as pessoas boas, também estão sujeitas á lutas e provações.

O diabo quer nos derrubar com o sofrimento
O inimigo conhece a natureza humana, e sabe que quando o homem passa por alguma dificuldade, fica mais vulnerável, e isso pode levá-lo a blasfemar contra seu criador – Deus.

Os amigos nem sempre ajudam – Jó 2
Jó tinha vários amigos, porém no momento do seu sofrimento, aqueles que diziam ser seus amigos, não compreenderam o motivo do sofrimento de Jó, e começaram a falar coisas de si mesmo, duvidaram da integridade dele. Porém Jó permaneceu firme confiando em Deus.

Deus não explica tudo a Jó – 9.15
Jó questiona a Deus o porque daquela situação. Mas, Deus fica em silêncio. E ao falar, faz perguntas, essas que Jó não consegue responder, então Jó engrandece o nome do Senhor.

A benção após o sofrimento – Jó 42. 10-17
Depois de tudo que ele passou, de ter perdido tudo o que possuía, Deus confere a Jó o dobro.

Fiel no sofrimento – Mateus 19.29
O que mais me chama a atenção, não é apenas a paciência de Jó, mas a fidelidade dele para com Deus. Mesmo se sentindo sozinho, não negou a sua fé. Que venhamos ter a mesma fé que Jó teve em Deus.

Talvez você esteja passando por dificuldade, seus amigos te deixaram, nada dá certo, até agora só tem perdido ao invés de ganhar. Mas, mantenha sua fé viva em Deus, Ele é o único que te entende está contigo. Lembre-se o justo viverá pela fé, e a fé realiza o impossível.

Beijinhos e fiquem com Deus ♥

 

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.